O AMOR É SOFREDOR, É BENIGNO; O AMOR NÃO É INVEJOSO; O AMOR NÃO TRATA COM LEVIANDADE, NÃO SE ENSOBERBECE.
NÃO SE PORTA COM INDECÊNCIA, NÃO BUSCA SEUS INTERESSES, NÃO SE IRRITA, NÃO SUSPEITA DO MAL;
NÃO FOLGA COM A INJUSTIÇA, MAS FOLGA COM A VERDADE; TUDO SOFRE, TUDO CRÊ, TUDO ESPERA, TUDO SUPORTA. MAS, O AMOR JAMAIS ACABA I COR. 13. 4,5,6,7 ,8a.

sábado, 18 de julho de 2015

Minha primeira experiência no Enem de 2015.

Este ano eu resolvi prestar o Enem de 2015. Pois, queria saber como andava os meus conhecimentos.Pois não sabia o que era estudar desde o ano de 1987, mas eu queria muito me testar. Fui no sábado, entrei naquela sala de aula e me sentei num canto perto de uma janela.Não levei nada para beber ou até mesmo comer. Tinha um ar condicionado que fazia mais barulho do que gelava. Mas, todos que estavam ali, estavam focados nos seus objetivos e comigo não poderia ser diferente. Estava concorrendo com muitos jovem que acabaram seus estudos no ano anterior. Mas, eu estava ali acreditando que eu também poderia concorrer ao Enem, pois eu tinha um sonho e queria muito conseguir. Bem, fazia a prova, cochilava e fazia mais um pouco. Confesso que a prova foi bastante cansativa, mas eu a fiz. Terminando a prova ,e levantei e vim embora, sabendo que deveria voltar no outro dia. Bem, chegou o domingo e eu lá estava. Só que eu levei o que comer e comprei água para não permitir que eu tivesse cansaço mental como tive no dia anterior. Fiz, em primeiro lugar a Redação, pois sabia que ela valia muitos pontos e depois que a fiz, fui para outras matérias. Na hora do cartão resposta eu me embaralhei e marquei o meu espanhol no espaço do Inglês e pontuei as outras matérias no seu espaço. Me levantei e vim acreditando que deveria ter feito uma prova mais ou menos. Bom o tempo passou e eu peguei o resultado. Tirei na redação 820 pontos( pois a redação valia 1000) e na língua estrangeiras se eu tivesse colocado no lugar certo teria acertado 3 perguntas, mas como eu as coloquei em lugar errado, não obtive nenhuma pontuação. Nas outras matérias eu consegui uma pontuação considerada boa. Então, eu fui me inscrever no Sisu e Prouni, já que eu sempre estudei em escolas estaduais desde o meu 1º e 2º grau. Enfim, fui para 1ª chamada e depois para 2ª chamada, até que surgiu uma vaga e eu consegui uma vaga na Faculdade Veiga de Almeida. Só tenho a agradecer a Deus por mais esta conquista, por me permitir alcançar e realizar este sonho que um dia deixei estacionado dentro do meu coração. Estou perto de iniciar o meu sonho que será no curso de Letras/Inglês. Peço a Deus que me conceda sabedoria, inteligencia para que eu venha alcançar os objetivos que me serão colocados. Hoje com meus 56 anos, se Deus quiser e Ele quer e eu também, irei iniciar uma nova fase na minha vida, serei uma universitária em nome do meu Senhor Jesus. Obrigada meu Deus por me capacitar e me conceder está graça. deus seja louvado em minha vida!!!

domingo, 15 de março de 2015

O sonho está acabando.

É o tempo passou e eu vejo que nada é como era há anos atrás. Quando eu o recebia e era atropelada pelos seus beijos e abraços, quando eu era procurada todas as noites, para fazermos amor. Era tudo tão mágico, tão intenso que eu flutuava nos meus sonhos de ser a cada dia mais feliz. Mas a vida não é somente como queremos, o tempo passou e estamos juntos há 38 anos, Tivemos dois filhos, e estamos debaixo do mesmo teto há exatamente 21 anos. Mas, o que ainda resta é respeito e um pouco de carinho, nem sei dizer se existe ainda amor. Pois, ele não me procura mais, não me beija mais, não me acaricia e me atropelar como antes, isso é coisa do passado. Eu hoje vivo sem carinho e sem atenção. Ele desistiu de mim e eu estou preste a desistir também. Falta me coragem para pegar as minhas coisas e ir embora em busca da felicidade, em busca de realizações que ficaram presa no tempo. Deixei sonhos, deixei muita coisa no tempo, porque acreditei nesse amor que vivi intensamente e que me deu um casal de filhos que criei com todo o meu amor que uma mãe possa dar a seus filhos. Só que eles cresceram e o que me unia a meu esposo não existe mais. Pois, como pode um homem, não sentir desejos e nem procurar sua esposa mais. Só tenho uma resposta para isso. Ele tem outra família, ele tem outra mulher. Então vejo que devo sair de sua vida e tentar ser feliz com outra pessoa. Não era isso que eu queria para eu, mas é assim que a vida está me mostrando. Que devo ir em busca de ser feliz e ser livre para buscar a felicidade em outro lugar e quem sabe com outra pessoa.

terça-feira, 27 de maio de 2014

Calar é ser prudente.

Prudência e Simplicidade Jesus Cristo ensinou a prudência e a simplicidade Mateus 7.24 “Todo aquele, pois, que escuta estas minhas palavras, e as pratica, assemelhá-lo-ei ao homem prudente, que edificou a sua casa sobre a rocha”. Mateus 10.16 “Eis que vos envio como ovelhas ao meio de lobos; portanto, sede prudentes como as serpentes e símplices como as pombas”. Prudência: É cautela, precaução, sensatez. Simplicidade: Forma simples de viver, sem malicia, sem arrogância, sem prepotência. O que é ser prudente? Prudente é ser precavido, é saber pensar antes de falar ou realizar alguma coisa, para não sofrer no futuro danos, dissabores e consequências desagradáveis. Quantas coisas desagradáveis acontecem por falta de prudência, no versículo acima Jesus compara o homem prudente como àquele que constrói sua casa sobre a rocha, porque a casa construída sobre a rocha, mesmo vindo as tempestades ela continuará firme. Na vida espiritual é a mesma coisa, temos que construir nossa casa sobre a Rocha que é Cristo, nos seus ensinos e preceitos para não sermos enganados pelos enganadores e aproveitadores que se já vemos por aí com ensinos que são puro engano levando os imprudentes a se apostatarem da fé. O Apóstolo Paulo nos advertiu sobre esses tais, examine o que está escrito em I Timóteo 4.1 “MAS o Espírito expressamente diz que nos últimos tempos apostatarão alguns da fé, dando ouvidos a espíritos enganadores, e a doutrinas de demônios”. Enganando como? Com falsas profecias, falsos milagres e com vendas de amuletos, promessas de empregos, chaves de carro, toalhinhas e travesseiros, “óleo de unção” e outros tipos de heresias fazendo da casa de Deus um verdadeiro comercio. Quem se firma na doutrina bíblica e na prudência ainda que sofra alguma coisa por não concordar com essas aberrações não se abala porque é prudente e sua casa está construída na ROCHA. O prudente diz como disse Paulo; II Timóteo 1.12 “Por cuja causa padeço também isto, mas não me envergonho; porque eu sei em quem tenho crido, e estou certo de que é poderoso para guardar o meu depósito até àquele dia”. Na fé se faz necessário ter muita prudência para não nos desviarmos da sã doutrina indo atrás benção terrestres em detrimento das celestes. O que é simplicidade? É a qualidade do que é simples, é a forma simples e natural de viver, e ser humilde, sem arrogância, pacato, porém, ser simples não é ser otário ou covarde. A simplicidade deve sempre ser acompanhada da prudência para não sofrer decepções. A simplicidade precisa estar sempre acompanhada da prudência. Tenho conhecimento de dois casos; em um caso houve simplicidade e muita prudência, e outro houve simplicidade, mas sem nenhuma prudência.

Prudência ao falar.

As nossas palavras devem ser medidas para que não causemos novas feridas nas pessoas nem aumentemos as que já existem. Não é bom falar sem pensar com as pessoas que tem um temperamento colérico, pois pode ocorrer que suas palavras sejam mal interpretadas e uma contenda se inicie. É bom ter sempre prudência no diálogo com uma pessoa difícil, pois por mais que ela esteja calma no momento da conversa pode ocorrer que guarde aquela palavra que você disse de forma apressada e utilize-a em outra oportunidade para te ferir. Santa Faustina tem um testemunho interessante para nos ensinar: “Em determinado momento, recebi uma iluminação a respeito de duas Irmãs. Compreendi que não se pode proceder da mesma forma com todos. Existem pessoas que têm a estranha capacidade de cativar a nossa amizade e, depois, a pretexto de nos ajudar como amigas, extraem de nós uma palavra depois da outra, e, logo na primeira oportunidade, usam essas mesmas palavras para nos trazer dissabores. Meu Jesus, como é estranha a fraqueza humana. Só o Vosso amor, Jesus, é que dá à alma essa grande prudência no trato com os outros.” A verdadeira prudência nos ensina a termos sabedoria no convívio com os familiares para que conhecendo as fraquezas de cada um possamos falar a palavra certa e curar as feridas em vez de aumentá-las. Alguns estão cheios de feridas e precisam de palavras mais amenas, pois não conseguem ouvir muitas verdades sem se exaltarem ou testemunharem uma autocomplacência. Quanto mais alguém está ferido maior deverá ser a delicadeza da conversa. Um vaso de porcelana quebra-se com facilidade. Da mesma forma, quem está ferido ressente-se facilmente. Por isso, a moderação no diálogo é essencial para que a conversa com pessoas feridas seja repleta de paz. Quando formos conversar com alguém que tem alguma dificuldade com as nossas palavras é bom usar de ponderação e evitar falar o que pode ferir a pessoa. Quanto mais difícil for a pessoa mais ela guardará mágoa, pois o perdão é a virtude das pessoas fáceis de conviver. A palavra de Deus é bem clara: “Rancor e cólera são coisas abomináveis, mas o pecador as conserva. (Eclo 27,30)” Precisamos ter sabedoria para reconhecer quando estamos em situação de conforto ou numa situação de risco na convivência. Se escolhermos tratar todas as pessoas da mesma maneira sem buscar medir as nossas palavras estaremos agindo com imprudência. A palavra de Deus é bem clara: “Pese na balança as palavras que você diz, e feche a boca com porta de ferrolho. (Eclo 28,25)” Se um jovem sentinela dormir no seu posto de vigia acabará permitindo que os ladrões assaltem e roubem todos os bens do lugar. Da mesma forma, se não vigiarmos com prudência as nossas palavras poderá acontecer que uma pessoa difícil as utilize de forma errada e roube de nós a alegria. A palavra de Deus é bem clara: “Cuidado para não tropeçar com a língua, para não cair diante de quem espreita você.” (Eclo 28,26) Lembre-se que: “O homem pecador provoca discórdia entre os amigos e desavença entre os que vivem em paz.(Eclo 28,9)”. Por isso, é importante que: “Fique longe das discussões, e você evitará o pecado, porque o homem raivoso atiça a briga. (Eclo 28,8) É importante silenciar quando perceber que uma simples palavra pode gerar um mal entendido. Grande parte das discussões surgem da teimosia. A palavra de Deus é bem clara: “Quanto mais lenha, tanto mais arde o fogo, e quanto mais teimosia, tanto mais aumenta a briga.” (Eclo 28,10a) O resultado de uma discussão é sempre um rosto abatido, triste e o coração ferido. Não vale a pena insistir numa conversa quando a pessoa que nos ouve não está aberta ao diálogo e à verdade. Fale superficialmente com pessoas difíceis e busque a melhor maneira de finalizar a conversa. É bom manter um rosto amável e manso diante de uma dificuldade na convivência para que a nossa expressão facial não gere novas contendas. Nunca tenha um comportamento irritado enquanto conversa, pois pode ocorrer que a simples irritação se transforme numa discórdia e esta ao ser aprofundada passe a ser uma briga. A palavra de Deus é bem clara: “Meça o tempo quando estiver entre os insensatos, mas demore-se quando estiver entre os sábios. (Eclo 27,12)” O motivo de agir assim é que: “os insultos que eles fazem machucam os ouvidos.” (Eclo 27,15b) Tenha prudência com as pessoas difíceis mesmo que elas te tratem com serenidade, pois a aparente mansidão pode esconder o gosto pela contenda e ao menor deslize poderá se desencadear outra discussão. Ou ainda, pode ocorrer de alguém utilizar de palavras dóceis na conversa com o intuito de conseguir uma informação para ser usada contra você. A palavra de Deus é bem clara: “na frente de você, ele fala com delicadeza e elogia o que você diz, mas, por detrás ele fala diferente, e arma ciladas com as mesmas palavras que você disse.” (Eclo 27,23) Quando estiver no meio de pessoas soberbas é bom ter maior prudência no falar para que não venha a ser insultado ou humilhado. A humildade sempre vence na conversa com pessoas difíceis! A palavra de Deus é bem clara: “Fale, jovem, se for necessário, mas apenas umas duas vezes, quando interrogado. Resuma o que tem a dizer, e diga muito em poucas palavras. Seja como alguém que sabe, mas se cala. Não procure impor-se no meio dos grandes, nem fique tagarelando enquanto outro fala. (Eclo 32, 7-9)” Precisamos reconhecer com humildade a quem podemos ensinar com as palavras(e um bom testemunho de vida) e a quem devemos exortar apenas com o exemplo. A palavra de Deus nos ensina: “o homem pecador não aceita a correção, e encontra sempre justificativa para seguir os próprios caprichos. (Eclo 32, 17)” Com as pessoas fáceis de conviver aproveite para aprofundar a conversa. A palavra de Deus nos ensina: “Alegria do coração é vida para o homem, e a satisfação lhe prolonga a vida. Anime-se, console o coração e afaste a melancolia para longe. Pois a melancolia já arruinou muita gente, e não serve para nada. (Eclo 30,22-23)

domingo, 25 de maio de 2014

Aquietai-vos e sabei que Eu sou Deus

>Aquietai-vos e sabei que Eu sou Deus: 10 maneiras de reconhecer o poder de Deus em tempos de angústia. O versículo da Bíblia Salmos 46:10 diz, "Aquietai-vos e sabei que eu sou Deus." Aprenda 10 qualidades do poder de Deus em sua vida. Cada vez que uma provação vem a mim ou à minha família, eu penso nas palavras da Bíblia em Salmos 46:10, "Aquietai-vos e sabei que Eu sou Deus.", e muitas vezes essas palavras me têm confortado. Às vezes, porém, gostaria de saber exatamente o significado de "aquietar-se" e o que exatamente eu preciso fazer para que isso aconteça. Quando enfrentamos dificuldades em nossa vida que fazem parecer como se estivéssemos num navio que está sendo jogado de um lado a outro num mar tempestuoso, como podemos permanecer calmos enquanto uma tempestade se enfurece ao nosso redor? Ao procurar a definição de "calma" no dicionário, não só fui iluminada, como também aprendi a definição de aquietar-se e lições valiosas de seus sinônimos também. Aqui estão dez palavras e suas definições que podem nos ensinar como estar calmos nos tempos tempestuosos e reconhecer o poder de Deus. Calmo livre de ruído ou turbulência; imperturbável. Quando estamos livres de ruído ou turbulência externa, somos capazes de ouvir a voz mansa e delicada do Espírito de Deus, quando ele vem para confortar-nos e guiar-nos através de nossas provações. Alguns dos ruídos que vivenciamos e que podem estar bloqueando a nossa capacidade de sentir a presença de Deus são as nossas preocupações. Quando aprendemos a mudar nossos pensamentos de negativos para positivos, tornamo-nos mais capazes de sentir o amor de Deus, porque nos harmonizamos com Ele. O ruído e a turbulência são substituídos por uma doce melodia de paz. Sereno um período ou condição de se estar livre de tempestades, um estado de tranquilidade. Estar calmo, não significa que a tempestade já tenha passado, significa que a tempestade já não está dentro de você. As tempestades podem ainda estar rugindo ao redor, mas você está livre dos efeitos dela. Já não o incomoda, porque você sabe em quem confia. Você está em um lugar onde não precisa mais temer. Sossegar colocar em repouso; acalmar o temperamento ou disposição. Muitas vezes, quando as provações vêm, tendemos a ficar bravos com Deus e nos queixarmos. Quando fazemos isso, diminuímos nossa capacidade de sentir o Espírito, porque não deixamos espaço em nossos corações para o Espírito habitar. Deus não pode habitar em um coração que está cheio de raiva. É quando aprendemos a colocar em repouso nossas queixas e lançar nossos fardos sobre o Senhor, abafar os nossos gritos e esperar por Ele, que vamos encontrar consolo. Ele consolará nossos corações partidos. Pacífico imperturbável pelo conflito; desprovido de violência ou força. Às vezes, quando surgem dificuldades, permitimos que a raiva e as frustrações daqueles testes de fé nos empurrem para a violência, ou tentamos impor nossa vontade sobre a do Senhor. Nem uma dessas escolhas nos trará a paz. Quando os conflitos chegam e não nos abalamos com eles por causa de nossa fé em Deus, poderemos então conhecer a paz. Plácido serenamente livre de interrupção ou perturbação. Podemos aprender a sentir essa paz ao orar, ler as escrituras, sair para uma caminhada, meditar ou dar-nos tempo para ponderar livres de interrupção ou perturbação. Isto não só nos permite comunicar com nosso Pai Celestial, bem como que nosso Pai Celestial se comunique conosco. Descanso designa, proporciona, ou sugere relaxamento e repouso. Muitas vezes, a correria da vida faz com que seja impossível ouvirmos o que Deus está tentando nos dizer. É quando desaceleramos e nos permitimos à oportunidade de descansar que a nossa mente e coração podem concentrar-se nas coisas que são da maior importância. Deus quer falar conosco, mas temos de estar prontos e disponíveis para ouvir. Aliviado livre de tempestades, em paz, cheio de luz. Ao ler com meus filhos durante o trajeto casa escola, aprendi que o sol não nasce e o sol não se põe. É uma ilusão. Em vez disso, o Sol permanece parado, firme e brilhante, e a Terra gira ao seu redor e quando sua face está voltada para o sol, naquele local é dia e quando essa face se afasta, a noite vem. É o mesmo em nossas vidas. Em nossos testes, quando voltamos nossas faces para o Filho de Deus, que é firme e brilhante, assim como a Terra, enchemo-nos de luz. Se em vez disso, optamos por afastar-nos dele, a escuridão da noite certamente virá. Escolha voltar-se para a luz. Quietude gentil, descontraído, de natureza tranquila. Quando somos gentis e descontraídos, somos mais capazes de ouvir os mandamentos de Deus. Ele nos convence suavemente a amá-lo e a servir aos outros. Nós somos mais capazes de aliviar os nossos próprios problemas, e trazer o espírito de Deus dentro de nós, o que nos ajudará a aliviar o fardo dos outros. Calmamente de uma forma calma. Quando abordamos nossas vidas, e as nossas provações, de uma forma calma, somos mais capazes de ver todo o quadro e traçar um plano de recuperação. Não só nos permite ter uma mente clara, mas permite-nos ajudar a acalmar os temores dos que nos rodeiam. Tranquilo livre de agitação da mente ou espírito. Quando a nossa mente e espírito estão calmos, todo o nosso corpo está em paz. Nós somos capazes de ver as coisas com uma mente clara, sentir as coisas com um coração puro e ouvir a voz de nosso Pai Celestial com ouvidos atentos e em sintonia com o espírito. Conheceremos a Deus, porque seremos um com Ele. "Aquietai-vos e sabei que Eu sou Deus", não é apenas uma declaração, é um estado de ser. É a capacidade de conhecer a Deus bem o suficiente para confiar em suas habilidades para salvá-lo. À medida que aprendemos a nos aquietar e confiar em Deus, passamos a conhecer e compreender que somos seus filhos. Nunca estamos sozinhos, nunca abandonados e jamais esquecidos. Ele virá a nós. Só é preciso que aquietemos nossos corações.